segunda-feira, 19 de novembro de 2012

AVES- PÁSSAROS PELO MUNDO A FORA


Calau (Aceros cassidix), endêmico da Indonésia.
Knobbed Hornbill (Aceros cassidix), endemic to Indonesia.

Photo: davidcabedo

Diamante de Gould (Erythrura gouldiae ou Chloebia gouldiae), natural da Austrália.
Gouldian Finch (Erythrura gouldiae or Chloebia gouldiae), native to Australia


Paradisaea rubra, da família das Aves do Paraíso.

Strigops habroptilus
O antigo e terrestre Kakapo é o papagaio mais raro e estranho do mundo. É o unico papagaio que é noturno e que não voa. Também é o mais pesado, com um peso que pode atingir os 3 Kilos e meio.
Por não ter desenvolvido nenhum mecanismo de defesa (e o fato de possuir um odor intenso, descrito como uma mistura de flores e mel que atrai predadores), ficou vulnerável quando novos

animais, trazidos por colonizadores, começaram a aparecer no seu habitat, na Nova zelândia. Por não voar, desenvolveram patas muito fortes e são capazes de correr a uma velocidade considerável, porém não por longas distâncias. Hoje corre risco de extinção.
Segue vídeo do Kakapo feito pela BBC, "Last Chance to See", dedicada a espécies em perigo de extinção:


Águia-pega-Macaco (Pithecophaga jefferyi)

Beija-flor de Garganta-Cor-de-Vinho (Atthis ellioti)

Tangara chilensis

Cicinnurus respublica, da família das Aves do Paraíso.

Agapornis Mascarado ou Ave do Amor (Agapornis personatas), originais da Tanzânia, porém são muito apreciados como "pássaros ornamentais" no mundo todo.
Black Masked Lovebird (Agapornis personatas), native to Tanzania, but are worldwide appreciated as "ornamental birds".
Foto: Tropical Treasures Aviary

Paradisaea minor, da família das Aves do Paraíso.

Paradisaea rubra (frente) 

Crested Satinbird (Cnemophilus macgregorii ), encontrado na Indonésia e Papua-Nova Guiné.
Photo: Jo Escher


Lophorina superba
Pertence à família Paradisaeidae (conhecidos como ave do paraíso), encotrado na Papua-Nova Guiné. Devido a baixa população de mulheres, os machos investem muito no cortejo: depois de limpar a "pista de dança" retirando as folhas e gravetos, ele atrai a fêmea com seu chamado, ele arma sua "capa" de penas negra e azul que fica em volta de seu pescoço, deixando a plumagem azul parecida com o rosto de um desenho animado, e então começa a fazer passos coreografados e faz barulhos de estalo. A fêmea rejeita em torno de vinte machos até escolher seu par.
Vídeo mostrando o macho cortejando a fêmea:http://www.youtube.com/watch?v=ACTwvx_STK4


Paradisaea rudolphi, da família das Aves do Paraíso.

Paradisaea rudolphi (costas)

Paradisaea decora, da família das Aves do Paraíso.

Astrapia stephaniae, da família das Aves do Paraíso.

Pteridophora albert, da família das Aves do Paraíso.

Cicinnurus regius, da família das Aves do Paraíso.

Cicinnurus regius, da família das Aves do Paraíso.

Cicinnurus magnificus, da família das Aves do Paraíso. 

Seleucidis melanoleuca, da família das Aves do Paraíso

Papagaio-de-Coleira (Deroptyus accipitrinus), encontrado, em grande parte, na floresta amazônica.

Pato-mandarim (Aix galericulata), encontrado na Ásia.

Balaeniceps rex 

Pombo do coração sangrento (Gallicolumba luzonica) 

Caloenas nicobarica 

Chrysolophus pictus 

Archilocus Colubris albino
 Crax fasciolata 
 
cyanocitta cristata

Egretta thula

Eudocimus ruber

Lamprotornis chalybaeus 

Loddigesia mirabilis

Malurus coronatus

Pavo cristatus albino

Pavo cristatus 

Perdix perdix

Turaco-de-face-branca / White-crested Turaco (Tauraco leucolophus)
Photo: Schap Digital Imaging 


Tyto alba

Ptilonorhynchus violaceus (macho)
O que mais chama atenção neste pássaro não é apenas a sua coloração negra-azulada (no caso do macho), nem o seu olho incomum, com tons de azul e roxo. O fato mais interessante é que ele enfeita o lugar de acasalamento com um ninho diferente, e o enfeita com todos objetos e penas azuis que encontrar, assim como flores, as quais ele troca, caso murchem. Tudo para satisfazer a fêmea.


Sula nebouxii
O patola-de-pés-azuis possui essa coloração azulada nos pés para chamar atenção no momento do cortejo. Ele dança e sapateia em volta da fêmea, mostrando suas patas. Quando a fêmea põe os ovos (geralmente dois), eles são mantidos aquecidos pelas patas de ambos os pais, que também os protegem do sol, para que não superaqueçam.




 ARARAJUBA
     
                        

                               

              



                     
         


                   







Um comentário:

  1. Que lindos!!! nunca vi tantas aves coloridas e maravilhosas.

    ResponderExcluir

Deposite aqui sua idéia